Atentado contra ônibus na Turquia deixa saldo de 13 mortos e 48 feridos

Istambul, 17 dez (EFE).- Pelo menos 13 militares morreram e outros 48 ficaram feridos no ataque com carro-bomba ocorrido neste sábado contra um ônibus civil no qual viajavam soldados na cidade turca de Kayseri, confirmou o Exército da Turquia.

"Em um ataque com carro-bomba às 8h45 locais (3h45 em Brasília) contra um veículo que transportava soldados e sargentos morreram 13 de nossos homens e 48 ficaram feridos", informaram as Forças Armadas em comunicado divulgado em seu site.

A nota indica que só se refere aos militares feridos, embora antecipa que possa haver civis feridos.

"Os feridos foram transferidos imediatamente aos hospitais da região para se submeter ao tratamento. Além disso, estimamos que esse abominável atentado também pode ter civis feridos", explica.

Segundo as autoridades turcas, o ônibus era um veículo de transporte urbano civil que foi atacado quando efetuava uma parada perto de um campus universitário, em uma avenida no qual também está um complexo de quartéis militares.

Pelo fato de o ataque ter ocorrido no sábado, não havia estudantes na região e o trânsito também era pouco intenso.

Mais cedo, o vice-primeiro-ministro da Turquia, Veysi Kaynak, disse que o atentado se parece com o de Besiktas, em referência ao ataque suicida com carro-bomba ocorrido no último sábado perto de um estádio de futebol de Istambul e depois reivindicado por um grupo radical curdo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos