Diretor-geral da AIEA visitará Irã para abordar acordo nuclear

Teerã, 17 dez (EFE).- O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, visitará o Irã no domingo para abordar assuntos relacionados à aplicação do acordo nuclear firmado entre o país e o chamado Grupo 5+1, formado por Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido, mais a Alemanha.

Acompanhado de uma delegação da AIEA, Amano ficará um dia em Teerã, capital do país, após convite do chefe da Agência Iraniana de Energia Atômica, Ali Akbar Salehi. Os dois conversarão sobre assuntos técnicos e de salvaguarda do acordo nuclear.

A última visita do diretor-geral da AIEA ao Irã ocorreu em 18 de janeiro deste ano, um dia depois do pacto ter entrado em vigor.

Amano pediu em novembro que o Irã cumpra todos os aspectos do acordo nuclear e citou que a República Islâmica já superou duas vezes o limite permitido de água pesada.

A visita coincide com um aumento da tensão entre Irã e Estados Unidos, após a decisão do Congresso americano de prorrogar por mais dez anos as sanções contra Teerã.

O ministro de Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, disse há dois dias que o país tomará "medidas legais" e considerou que a renovação das sanções representa uma "violação" do acordo.

O pacto, assinado em junho de 2015, limita as capacidades atômicas do Irã em alcance e duração. Para isso, as potências ocidentais aceitaram o fim das sanções internacionais contra o país.

Espera-se, além disso, que as tensões entre Irã e EUA cresçam depois da chegada do presidente eleito Donald Trump à Casa Branca. O republicano criticou o acordo nuclear e já se mostrou contrário a qualquer pacto com a República Islâmico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos