Filho de Bin Laden é proibido de entrar no Egito

Cairo, 17 dez (EFE).- As autoridades do aeroporto internacional do Cairo proibiram neste sábado a entrada no Egito de um dos filhos do falecido líder e fundador da organização terrorista Al Qaeda, Osama Bin Laden, informou a agência de notícias oficial egípcia, "Mena".

Uma fonte de segurança aeroportuária disse à agência que o filho de Bin Laden, Omar, chegou ao Egito em um avião procedente de Doha, no Catar, junto à esposa britânica, Zaina Al-Sabah, e teve negado o acesso ao país após ter a documentação revista.

De acordo com a agência, o nome de Omar está incluído em uma lista de pessoas que têm proibida a entrada no Egito por motivos não especificados. Omar Bin Laden e sua esposa foram deportados imediatamente a Istambul, segundo detalhou um jornal local.

Nascido na Arábia Saudita, Omar Bin Laden viveu no Egito antes de 2008 e posteriormente se estabeleceu no Catar, após ter o asilo político negado na Espanha neste ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos