Maduro prorroga vigência da nota de 100 bolívares

Caracas, 17 dez (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, decidiu neste sábado prorrogar a vigência da nota de 100 bolívares, que foi tirada de circulação há quase uma semana, e o fechamento da fronteira do país com Brasil e Colômbia até o dia 2 de janeiro.

A decisão do chefe de Estado foi tomada no meio de uma dura crise por causa da escassez de moeda, depois que no domingo passado anunciou que a nota seria retirada de circulação legal em 72 horas, que terminaram na quinta-feira passada.

Além disso, Maduro estendeu o fechamento das passagens fronteiriças, que deveria terminar amanhã, e que foi implementado para evitar que as notas de 100 que tinham sido tiradas do país por grupos ilegais voltassem a circular.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos