Retirada de civis e rebeldes começa em Aleppo e em regiões xiitas de Idlib

Cairo, 18 dez (EFE).- A retirada de civis das regiões de maioria xiita de Fua e Kefraya, controladas pelo governo da Síria, começou neste domingo, paralelamente à entrada de 25 ônibus nos bairros sitiados do leste de Aleppo para evacuar civis e suas famílias da cidade, informou a emissora estatal do país.

No total, serão retiradas cerca de 4 mil pessoas de ambas as localidades xiitas, atacadas pelo grupo rebelde Frente da Conquista do Levante (ex-filial da Al Qaeda), que ficam no leste da província de Idlib, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A saída dos civis e milicianos do leste de Aleppo tinha sido condicionada à evacuação dos doentes, feridos e outros civis dessas duas localidades, em um acordo firmado por Turquia, Rússia e Irã.

No entanto, o início da retirada dos civis de Fua e Krafraya, prevista para o começo da manhã, foi bloqueada devido à rejeição inicial da Frente da Conquista de permitir a entrada dos ônibus, informou o Observatório Sírio.

A emissora estatal da Síria, que mostrou imagens ao vivo de Aleppo, indicou que um primeiro grupo de ônibus, de um total de cem, foi para os bairros sitiados do leste da cidade para transportar os rebeldes e suas famílias, que ainda permanecem na região.

Eles serão levados a Tel Zarazir e de lá cruzarão a área controlada pelo regime do presidente do país, Bashar al Assad, através do corredor de Al Ramusa-Ameriya, antes de continuar em direção a outras regiões controladas pelos rebeldes.

A transferência dos insurgentes está sendo realizada sob supervisão do Crescente Vermelho na Síria e do Comitê Internacional da Cruz Vermelha. A emissora estatal síria indicou que os "terroristas", termo usado pelo governo para se referir aos rebeldes, incendiaram suas sedes e tentaram esconder armas em vários veículos, mas foram contidos pelas autoridades locais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos