Aterrissagem de emergência de avião militar na Rússia deixa 32 feridos

Moscou, 19 dez (EFE).- Pelo menos 32 pessoas ficaram feridas, 16 delas em estado grave, na queda nesta segunda-feira de um avião militar Il-18 quando realizava uma aterrissagem de emergência no norte da república russa de Iacútia, extremo oriente do país, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

"Não tivemos vítimas fatais nem entre os passageiros nem entre os tripulantes", afirmou o escritório de imprensa da pasta.

O aparelho, um quadrimotor turboélice, caiu a cerca de 35 quilômetros da cidade de Tiksi, às margens do mar de Laptev e um dos núcleos urbanos mais ao norte do país.

Segundo a Defesa, 32 ocupantes do avião foram levados em helicópteros para um hospital de Tiksi e aqueles feridos que estejam em condições de ser transportado serão transferidos para centros médicos de Moscou e São Petersburgo.

No total, a bordo do avião acidentado estavam 39 pessoas, 32 passageiros e sete tripulantes.

Um porta-voz dos serviços de emergência disse à agência "Interfax" que uma falha técnica ou as más condições do tempo reinante na área podem ter sido as causas do acidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos