Dois soldados colombianos morrem em ataque do ELN

Bogotá, 18 dez (EFE).- Dois soldados, que se deslocavam de motocicleta, foram assassinados neste domingo no departamento colombiano de Arauca, na fronteira com a Venezuela, em um fato que o Exército atribuiu a milicianos da guerrilha do ELN, informaram fontes militares.

Os militares, que pertenciam ao Grupo de Cavalaria Mecanizado N.18 General Gabriel Reveiz Pizarro, da Décima Oitava Brigada, foram assassinados em Cano La Colorida, na via que liga os municípios de Fortúl e Saravena.

Segundo um comunicado do Exército "os dois assassinatos foram cometidos" por milicianos da comissão Ernesto Che Guevara do ELN que estavam em um veículo do qual atiraram contra os soldados.

Outros dois militares, entre eles um suboficial, que também fazia parte da patrulha que cumpria trabalhos de revista e controle, saíram ilesos do ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos