Evacuação de crianças de Aleppo é um "raio de esperança", diz Unicef

Amã, 19 dez (EFE).- Quarenta e sete crianças presas em um orfanato dos bairros do leste da cidade síria de Aleppo foram evacuadas nesta segunda-feira, anunciou o Unicef, que considerou a saída destas e de outros menores como "um raio de esperança".

"A evacuação destes órfãos, junto com milhares de menores do leste de Aleppo nos passados dias, é um raio de esperança no meio do triste realidade na qual vivem as crianças da Síria", expressou hoje em comunicado o diretor regional da Agência da ONU para a infância, Geert Cappelaere.

Segundo Cappelaere, vários órfãos evacuados estão em "condições críticas", que vão desde ferimentos até desidratação.

"Sua saída segura é um testemunho dos esforços incessantes dos trabalhadores humanitários no terreno, que trabalham sem parar pelas crianças e suas famílias", acrescentou o responsável regional do Unicef.

A Agência da ONU trabalha com outras organizações na reunificação dos menores com suas famílias e provendo de alimentos e roupa apropriada para o inverno, indicou o a nota.

Além disso, lembrou que os seis anos de guerra civil na Síria forçaram a separação de famílias, e pediu às distintas facções do conflito que alcancem uma solução política.

Hoje foi reativada a evacuação das pessoas assediadas no leste da cidade síria de Aleppo (norte), de onde já saíram nas últimas horas cerca de 4,5 mil pessoas, enquanto é realizada uma operação similar nos povos de maioria xiita de Fua e Kefraya, assediadas por rebeldes jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos