Terremoto no Equador deixa um morto e diversos danos em infraestruturas

Em Quito

Uma pessoa morreu nesta segunda-feira de infarto como consequência dos terremotos que atingiram a província de Esmeraldas (noroeste do Equador), que causaram danos materiais e desmoronamento de alguns imóveis na região afetada.

Um terremoto de magnitude 5,8 na escala Richter e 15 réplicas, de entre 2,9 e 4,2, foram registrados diante do litoral de Atacames, afirmou o Instituto Geofísico (IG), que advertiu que podem ocorrer "mais replicas nesta zona com magnitudes menores ao evento principal".

O tremor de 5,8 graus ocorreu a 10 quilômetros de profundidade e foi sentido, além de em Esmeraldas, em localidades das províncias de Guaias, Manabí, Pichincha e Santo Domingo, afirmou a instituição em comunicado.

A diretora do IG, Alexandra Alvarado, confirmou à "Equador Rádio" a morte de uma pessoa de idade avançada por infarto devido ao "susto" produzido pelo tremor e ressaltou a conveniência de manter a calma perante este tipo de eventos.

O Serviço de Emergências EQU 911 indicou que não foram detectados danos nas infraestruturas da zona.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos