Voluntário da Cruz Vermelha é sequestrado no Afeganistão

Cabul, 19 dez (EFE).- Um grupo de homens armados não identificados sequestraram nesta segunda-feira um trabalhador do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) no norte do Afeganistão, informou à Agência Efe uma fonte da organização.

Vários voluntários do CICV foram interceptados por volta das 11h locais (4h30 de Brasília) quando viajavam em dois carros pela estrada que liga as cidades de Kunduz e Mazar-e-Sharif, no norte do país, disse um porta-voz do CICV, Ayaz Ahmad Ramin.

"O restante dos nossos companheiros foi liberado e, agora, o CICV está em contato com autoridades de diferentes níveis e fontes para assegurar a libertação" do sequestrado, detalhou Ramin.

A família do voluntário já foi informada sobre o ocorrido e outra porta-voz do CICV, Anastasia Isyuk, não quis revelar em declarações à Efe sua nacionalidade.

"Isso é um procedimento padrão", comentou Anastasia, ao acrescentar que se trata de uma medida de "segurança" para não colocar em perigo a vida do refém.

"Estamos em contato com qualquer pessoa que possa ter alguma influência para conseguir sua libertação", disse a porta-voz, que manifestou sua esperança de que haverá "uma solução rápida" para garantir o retorno seguro do trabalhador.

Em fevereiro deste ano, cinco funcionários afegãos do CICV foram sequestrados na província de Ghazni, no sudeste do país, e libertados pouco tempo depois.

Os sequestros são comuns no Afeganistão e os trabalhadores de organizações humanitárias são alvos frequentes dessas ações, que em muitas ocasiões têm como objetivo obter um resgate em dinheiro.

Em um dos últimos casos, homens armados não identificados sequestraram em novembro uma funcionária australiana da ONG Agência para a Coordenação de Órgãos de Ajuda Afegã (ACBAR, sigla em inglês) em uma área de alta segurança na capital Cabul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos