Atentado em Berlim deixa israelense em estado grave e mulher desaparecida

Jerusalém, 20 dez (EFE).- Um turista israelense ficou gravemente ferido no atentado de segunda-feira em uma feira de Natal de Berlim, enquanto sua mulher, que estava ao lado, continua desaparecida, informou o Ministério das Relações Exteriores de Israel.

O casal estava na feira que foi atropelada por um caminhão, ataque no qual 12 pessoas morreram e 48 ficaram feridas. O Ministerio das Relações Exteriores confirmou que o ferido israelense foi operado duas vezes desde o atentado e que ainda não conseguiu descobriu o paradeiro de sua mulher.

"Temos a esperança de que ela esteja entre os feridos", declarou a veículos de imprensa o embaixador israelense, Yaacov Hadas, que explicou que, segundo o Ministério do Interior da Alemanha, nem todas as vítimas foram identificadas.

O presidente israelense, Reuven Rivlin, ligou nesta terça-feira para o colega alemão, Joachim Gauck, para expressar solidariedade pelo atentado, enquanto o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, divulgou um comunicado de repúdio depois do ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos