Putin oferece condolências aos alemães após ataque

Moscou, 20 dez (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, apresentou nesta terça-feira suas condolências às autoridades da Alemanha pela vítimas do sangrento ataque contra um mercado natalino em Berlim, que tirou a vida de 12 pessoas e deixou cerca de 50 feridos, alguns deles em estado grave.

"Este crime perpetrado contra pessoas pacíficas estremece por sua crueldade e cinismo", afirma na mensagem do chefe do Kremlin ao presidente alemão, Joachim Gauck, e à chanceler federal, Angela Merkel.

Putin, segundo a nota divulgada pela presidência russa, pediu para transmitir as palavras de condolência e apoio aos parentes da vítimas mortais, e desejos de pronta melhora às pessoas que ficaram feridas em consequência do ataque, perpetrado com um caminhão.

A polícia berlinense informou hoje que o caminhão "foi conduzido deliberadamente rumo à multidão" e falou pela primera vez de um "suposto atentado terrorista".

Os fatos ocorreram ontem à noite, quando o veículo pesado invadiu uma zona de pedestres em um eixo comercial do antigo setor ocidental da cidade.

O caminhão percorreu cerca de cinquenta metros do tradicional mercado de rua levando tudo o que estava pela frente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos