Trump confirma reunião com o magnata mexicano Carlos Slim

Nova York, 20 dez (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nesta terça-feira que se reuniu com o magnata mexicano Carlos Slim, a quem considerou "um grande homem", mas não detalhou o que foi conversado entre ambos.

Em mensagem pela rede social Twitter, Trump explicou que Slim, "o grande homem de negócios" do México, o tinha convidado para uma reunião: "Nos reunimos. É um grande homem", acrescentou.

O republicano, no entanto, não detalhou quando e onde ocorreu a reunião, embora Trump esteja há vários dias em sua mansão de Mar-a-Lago, no estado da Flórida, por causa das festas natalinas.

Segundo informou na segunda-feira o jornal "The Washington Post", Trump se reuniu com Slim no sábado passado na Flórida, e, de acordo com essa versão, o presidente considerou o encontro como "um jantar encantador com um homem maravilhoso".

A porta-voz de Trump, Hope Hicks, confirmou posteriormente a reunião entre ambos, mas também não revelou detalhes. Segundo "The Washington Post", o encontro foi marcado "para abrir uma linha amistosa de comunicação" entre os dois multimilionários, mais do que para discutir políticas concretas pelas quais se enfrentaram.

A visita de Slim a Mar-a-Lago ocorreu depois que um dos assessores mais próximos a Trump, Corey Lewandowski, viajou discretamente ao México no dia 9 de dezembro para se reunir com ele.

Durante a campanha, Trump acusou Slim de usar sua influência no jornal "The New York Times", do qual é acionista, para ajudar a candidato democrata, Hillary Clinton, na disputa eleitoral.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos