Pelo menos 14 civis de Aleppo transferidos à Turquia morreram em hospitais

Istambul, 21 dez (EFE).- Pelo menos 14 civis morreram nos hospitais turcos para os quais foram levados após serem evacuados do leste de Aleppo, informou nesta quarta-feira a emissora "CNNTÜRK".

Desde a fronteira de Cilvegozu, um repórter da rede de televisão cifrou em pelo menos 172 as pessoas transportadas desde a cidade síria de Aleppo para serem atendidas em hospitais turcos, delas 62 crianças, todas feridas por armas de fogo.

Pelo menos 14 delas morreram nos hospitais por causa de suas ferimentos.

Segundo informou ontem o Ministério das Relações Exteriores da Turquia em sua conta no Twitter, um total de 37,5 mil pessoas foram evacuadas de Aleppo desde o Exército do presidente Bashar al-Assad tomou a cidade.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha tinha cifrado hoje em 25 mil o número de evacuados que foram transferidos a zonas do oeste da província de Aleppo desde quinta-feira, data na qual se iniciou a operação.

A evacuação foi suspensa no dia seguinte em meio a acusações entre as forças do regime sírio e as tropas rebeldes.

No fim de semana passado houve um novo acordo para continuar com o processo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos