Putin adia entrevista coletiva para participar de funeral de embaixador

Moscou, 21 dez (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, adiou sua tradicional entrevista coletiva anual, que deveria ocorrer na quinta-feira, para participar do velório do embaixador russo Andrei Karlov, assassinado na segunda-feira em Ancara, informou o Kremlin.

"Já que na quinta-feira ocorrerá o funeral do assassinado embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Karlov, o presidente adotou a decisão de não oferecer nesse dia sua grande entrevista coletiva anual", disse à imprensa o porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov.

Peskov acrescentou que o chefe do Estado participará do funeral de diplomata, cujos restos foram repatriados ontem.

Peskov indicou que a entrevista coletiva anual do presidente russo vai acontecer na próxima sexta-feira.

Logo após o assassinato de Karlov, embaixador na Turquia desde 2013, Putin afirmou que "o crime é, sem sombra de dúvidas, uma provocação destinada a abortar a normalização das relações russo-turcas e torpedear o processo de paz na Síria",.

O embaixador russo foi baleado por um policial turco de 22 anos de idade durante a inauguração de uma exposição de fotografias e faleceu pouco depois em um centro médico de Ancara.

O assassino, que enquanto disparava contra o diplomata gritava "Não se esqueçam de Aleppo, não se esqueçam da Síria", foi morto por soldados das forças de segurança turcas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos