Palestina com faca é alvejada ao se aproximar de controle militar israelense

Jerusalém, 30 dez (EFE).- Uma mulher palestina ficou ferida nesta sexta-feira por disparos das forças de segurança de Israel quando se aproximou com uma faca de um posto de controle militar entre Jerusalém e Ramala, informou em comunicado a polícia do Estado judeu.

"Ao se aproximar dos oficiais, havia uma ameaça imediata e (a mulher) foi alvejada e detida com a faca na mão", explicou a corporação na nota.

Segundo o porta-voz da polícia israelense, nenhum efetivo ficou ferido e a suposta agressora foi levada com vida para o hospital.

A agência de notícias "Ma'an" identificou a palestina como Yihan Mohamad, de 35 anos, procedente do bairro de Isawiya, na Jerusalém Oriental ocupada.

Este episódio é mais um da onda de violência que começou em outubro do ano passado e na qual morreram 244 palestinos, mais de dois terços deles agressores ou supostos agressores, e o restante em enfrentamentos com as forças de segurança israelenses.

Além disso, 38 israelenses e vários estrangeiros foram vitimados nessa onda de violência.

O posto de controle de Qalandia, que fica entre a cidade cisjordaniana de Ramala e a parte oriental de Jerusalém, é um dos pontos quentes desta onda de violência e nele acontecem incidentes de forma habitual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos