Trump elogia resposta de Putin a sanções dos EUA e o chama de "inteligente"

Washington, 30 dez (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou nesta sexta-feira a decisão do líder russo, Vladimir Putin, de não responder às sanções americanas com medidas similares e o qualificou de "muito inteligente".

"Magnífica decisão (de Putin). Sempre soube que era muito inteligente", afirmou Trump hoje em um comentário em sua conta no Twitter.

O magnata publicou esse comentário depois que na quinta-feira se distanciou da decisão do presidente dos EUA, Barack Obama, de expulsar do país 35 diplomatas da Rússia e impor sanções econômicas contra organismos de espionagem, indivíduos e empresas de segurança informática russas.

"É hora de nosso país avançar rumo a coisas maiores e melhores", respondeu Trump na noite da quinta-feira ao anúncio de sanções à Rússia por sua suposta intervenção nas eleições presidenciais americanas por meio de ataques informáticos para favorecê-lo em detrimento de sua rival democrata, Hillary Clinton.

Putin se absteve hoje de responder às sanções da Casa Branca e disse que não se rebaixaria "ao nível de uma diplomacia irresponsável".

Esta não é a primeira vez que o presidente eleito americano elogia Putin, de quem disse admirar sua figura de líder forte e com quem mostrou um desejo de mudar o rumo das relações bilaterais, ao contrário das tensas mantidas por Obama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos