Rebeldes confirmam fim dos combates no Vale do Barada, em Damasco

Cairo, 31 dez (EFE).- A facção rebelde Exército Livre Sírio (ELS) anunciou neste sábado que o exército sírio deteve seus ataques contra o Vale do Barada, na província de Damasco, uma exigência para manter seu compromisso com o cessar-fogo.

O porta-voz do ELS, Osama Abu Zeid, assegurou em sua conta oficial no Twitter que as forças do regime detiveram os ataques e que estão em contato com as populações da região, controladas pelos rebeldes, para saber se mantêm a suspensão das operações militares.

O ELS ameaçou hoje pôr fim à trégua estipulada com o governo sírio se as forças do regime e suas milícias aliadas não parassem seus ataques contra o vale do rio Barada.

O anúncio de Abu Zeid coincidiu com a aprovação por parte do Conselho de Segurança da ONU de uma resolução de apoio à trégua na Síria entre o regime de Bashar al Assad e a oposição armada, promovida pela Rússia e pela Turquia.

Os 15 membros do principal órgão de decisões da ONU votaram a favor da resolução, que respalda os esforços que estão sendo feitos para aplanar o caminho para uma nova rodada de negociações prevista para o final de janeiro em Astana, capital do Cazaquistão.

A Coalizão Nacional Síria (CNFROS), um dos principais grupos da oposição, tinha advertido que o exército e a milícia xiita libanesa Hezbollah estavam concentrando suas forças nos arredores da cidade de Ashrafiya, no vale do Barada, para lançar uma ofensiva contra as cidades da região, controladas pela oposição.

Em comunicado posterior, a CNFROS negou que combatentes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que não está incluído no armistício, estivessem lutando junto às forças rebeldes e islamitas presentes nessa região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos