Aumenta para 17 número de mortos em desabamento de mina na Índia

Nova Délhi, 1 jan (EFE).- O número de mineradores mortos no desabamento ocorrido na quinta-feira em uma mina de carvão no estado de Jharkhand, no leste da Índia, aumentou para 17, segundo o último balanço divulgado neste domingo pelo governo indiano.

O acidente aconteceu no distrito de Godda, mas os serviços de emergência só iniciaram os trabalhos de resgate na manhã seguinte, uma atividade "que continua", informou em comunicado o Ministério de Carvão do país.

"Infelizmente, o número de vítimas aumentou de sete para 17", detalhou a pasta. Segundo a nota, o governo se mantém em contato permanente com os parentes dos mortos para oferecer "toda a ajuda necessária".

O número de mortos ainda pode aumentar, já que não existe confirmação sobre o número total de mineradores que trabalhavam no momento do desabamento.

A empresa de mineração Eastern Coalfields Limited informou às autoridades em princípio que "desconhecia o paradeiro" de 23 de seus funcionários, mas a polícia não conseguiu "verificar" se eles continuam presos.

O estado de Jharkhand possui as principais minas de carvão da Índia, com cerca de 27% do total, mas como no resto do país, as condições de segurança são muito precárias, o que faz que os acidentes sejam frequentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos