Bombardeio mata 9 integrantes de uma mesma família em Mossul, no Iraque

Erbil (Iraque), 1 jan (EFE).- Um bombardeio aéreo contra uma casa na cidade de Mossul, no norte do Iraque, causou a morte neste domingo de nove pessoas de uma mesma família, entre elas crianças e mulheres, informou à Agência Efe o integrante do Conselho da Província de Ninawa, Husamaldin al Abar.

A casa, localizada no bairro de Al Mizaq, no sudeste da cidade, colapsou totalmente sobre seus moradores devido ao bombardeio, que aconteceu durante a madrugada, segundo relatou o conselheiro.

Ainda não se sabe a que força pertencem os aviões que realizaram o ataque e que supostamente participam da operação para livrar Mossul do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Abar pediu às forças militares que sejam precisas e que realizem com cautela os bombardeios e as operações militares para evitar a morte de civis desarmados.

Os integrantes desta família são as primeiras vítimas mortais em Mossul no novo ano.

O exército iraquiano, as forças curdas peshmerga e outras milícias árabes lançaram em 17 de outubro uma ofensiva para libertar Mossul e toda a região de Ninawa, da qual o EI conquistou amplas partes em 2014.

As operações militares foram reduzidas por alguns dias devido ao mau tempo, mas reiniciaram em 29 de dezembro, quando as forças iraquianas lançaram a segunda fase de sua ofensiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos