Cinco mortos no atentado contra boate em Istambul eram sauditas, diz jornal

Riad, 1 jan (EFE).- O ataque a uma boate em Istambul matou cinco cidadãos da Arábia Saudita e deixou outros dez feridos, confirmou neste domingo um diplomata do consulado do país na capital da Turquia ao jornal "Al Riad".

Abdullah al Rashidan explicou à publicação que uma equipe do consulado está acompanhando a situação de todos que estão hospitalizados em diversas unidades de saúde da região.

Oficialmente, no entanto, nenhum órgão do reino da Arábia Saudita confirmou o número de mortes e de feridos.

O atentado foi condenado pelo Ministério das Relações Exteriores saudita, que destacou em comunicado que estava prestando "solidariedade à irmã Turquia contra o terrorismo e o extremismo".

Pelo menos 39 pessoas morreram no ataque à boate Reina. Além disso, outras 65 pessoas ficaram feridas. A polícia centra as investigações no grupo jihadista Estado Islâmico (EI), como possíveis autores, mas não houve nenhuma manifestação, reinvindicando a ação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos