Homem altera letreiro de Hollywood para fazer alusão à maconha

Washington, 1 jan (EFE).- O mundialmente famoso letreiro de Hollywood, em Los Angeles, nos Estados Unidos, foi alvo de vandalismo na noite deste sábado, quando um homem não identificado colocou lonas em parte de duas letras para fazer alusão à maconha.

Por volta de meia-noite (hora local), o indivíduo se dirigiu a colina onde o monumento está erguido e transformou a palavra em 'Hollyweed'. 'Weed' é o termo em inglês utilizado para maconha, que, a partir de hoje passa a ter venda legalizada em todo o estado da Califórnia.

Os detalhes do ato de vandalismo foram confirmadas à emissora de televisão "CBS" pela empresa de segurança que é responsável por vigiar o letreiro. A polícia de Los Angeles já está com posse das imagens das câmeras de segurança do local.

O monumento já foi alvo de ação idêntica em 1º de janeiro de 1976, quando Danny Finegood quis comemorar a entrada em vigor, na Califórnia, da lei que discriminalizava a posse de maconha.

As medidas que entram em vigor neste domingo no estado, e em Nevada, foram aprovadas pelos eleitores em 8 de novembro. Consumo, posse e venda de cannabis agora estão liberados.

No Distrito de Columbia, onde está a capital do país, e outros quatro estados, Washington, Oregon, Colorado e Alasca, o consumo recreativo de maconha já é legal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos