Ofensiva turca contra EI na Síria causou morte de 277 civis desde agosto

Cairo, 1 jan (EFE).- A operação "Escudo do Eufrates", que conta com o apoio da Turquia contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na Síria, causou a morte a 277 civis desde agosto, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre as vítimas civis da ofensiva, da qual participam carros de combate e aviões turcos, estão 65 menores de idade e 38 mulheres, segundo apuração realizada pela ONG.

A operação "Escudo do Eufrates" foi lançada pela Turquia, em parceria com grupos armados sírios, em agosto do ano passado.

A ofensiva conta com o duplo objetivo de expulsar o EI das zonas de fronteira com a Turquia e impedir o progresso da aliança armada curdo-árabe Forças da Síria Democrática (FSD), que é apoiada pelos Estados Unidos.

A guerra da Síria causou a morte de cerca de 300 mil pessoas, entre elas 90 mil civis, e obrigou cerca de 12 milhões de cidadãos a abandonarem suas casas, segundo levantamento realizado em meados de dezembro pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos