Putin expressa solidariedade à Turquia após atentado em Istambul

Moscou, 1 jan (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, manifestou neste domingo sua solidariedade ao chefe de Estado da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, por causa do atentado terrorista cometido em uma boate em Istambul, que deixou pelo menos 39 mortos e 60 feridos, informou o Kremlin.

"É difícil imaginar um crime mais cínico que o assassinato de pessoas pacíficas no apogeu da festa de Ano Novo. Mas, os terroristas são completamente alheios aos conceitos da moral humana", escreveu Putin em sua mensagem ao presidente turco.

O líder russo reiterou que "o dever comum é repelir decididamente a agressão terrorista".

A assessoria de imprensa do Kremlin acrescentou que Putin confirmou a Erdogan que "a Rússia foi e continua sendo um aliado confiável da Turquia" na luta contra o terrorismo.

Alem disso, o presidente russo transmitiu suas condolências aos familiares das vítimas do atentado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos