Macri assina decretos de designação de ministros da Fazenda e das Finanças

Buenos Aires, 2 jan (EFE).- O presidente da Argentina, Mauricio Macri, assinou nesta segunda-feiras os decretos de designação dos novos ministros da Fazenda e das Finanças, cujas nomeações foram anunciadas oficialmente há uma semana.

Segundo informou hoje a presidência argentina, Macri assinou os decretos de designação de Nicolás Dujovne como novo ministro da Fazenda e de Luis Caputo como novo ministro das Finanças, e as resoluções serão publicadas nesta terça-feira no Diário Oficial.

Há uma semana, Macri pediu a renúncia ao ministro da Fazenda e Finanças, Alfonso Prat-Gay, e dividiu essa pasta em duas.

Ao anunciar a medida, o chefe de gabinete, Marcos Peña, disse que a decisão de Macri não se baseou em "diferenças sobre política econômica", mas em "uma discussão que esteve aberta todo o ano com relação ao design relacional do governo e ao processo de tomada de decisões".

Segundo a presidência argentina, além de assinar os dois decretos de designação, Macri aceitou a renúncia apresentada por Prat-Gay, com data de 31 de dezembro do ano passado, e "agradeceu ao funcionário pelos serviços prestados no desempenho de seu cargo".

Além disso, Macri destacou sua "idoneidade para cumprir suas funções, sua dedicação ao serviço do país e seu compromisso com o bem comum".

Em outro decreto, o presidente da Argentina assinou hoje a designação de Rodolfo Peña como secretário de Fazenda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos