Marrocos confirma morte de 2 marroquinas em atentado em Istambul

Rabat, 2 jan (EFE).- As autoridades do Morrocos confirmaram que duas cidadãs do país morreram e outros quatro marroquinos ficaram feridos no atentado cometido na noite do sábado em uma boate na cidade de Istambul, na Turquia, informou nesta segunda-feira o Ministério das Relações Exteriores do país árabe em comunicado.

A embaixada marroquina em Ancara e o consulado em Istambul criaram uma célula de crise após o incidente e estão em contato permanente com as autoridades turcas.

A mesma fonte acrescentou que o rei Muhammad VI deu suas instruções para a realização do translado e do enterro dos corpos das duas marroquinas que morreram no atentado.

Pelo menos 39 pessoas, entre eles cidadãos de vários países árabes, morreram na madrugada de sábado para domingo em um ataque armado contra a renomada boate Reina, em Istambul, e outras 65 pessoas ficaram feridas no incidente.

O autor do ataque continua foragido apesar da ampla operação iniciada pelas forças de segurança da Turquia.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou hoje a autoria do atentado em um comunicado divulgado na internet.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos