Sírio é detido na Alemanha suspeito de planejar atentado no Réveillon

Berlim, 2 jan (EFE).- Agentes do corpo especial da polícia alemã (SEK) prenderam na madrugada do último sábado na cidade de Saarbrücken um homem sírio sob a suspeita de planejar um atentado no Réveillon, embora as autoridades acreditem que seja uma falsa ameaça, informou nesta segunda-feirao jornal "Der Spiegel".

Segundo os indícios com os quais a polícia trabalha, o plano era usar carros camuflados de viaturas para atropelar os pedestres.

O homem, de 31 anos, que nega ter planejado um atentado, mantinha contato na rede de mensagens Telegram com um suposto integrante do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na cidade síria de Al Raqqa.

As autoridades acharam no telefone celular do detido várias conversas.

O homem afirmou no interrogatório ter inventado a história e idealizado um cenário para um atentado a fim de conseguir do EI 100 mil euros para ajudar sua família, que se encontra na Síria.

As autoridades alemãs também partem do princípio de que o detido atuava principalmente por motivos econômicos.

Com base nas investigações realizadas até o momento, é improvável que um atentado fosse levado a cabo, segundo a avaliação confidencial dos serviços secretos no estado do Sarre, citada pelo "Der Spiegel".

Segundo fontes da promotoria de Saarbrücken, o suspeito chegou à Alemanha em dezembro de 2014 e apresentou uma solicitação de asilo no mês de janeiro seguinte.

O sírio recebeu uma permissão de estadia no país como refugiado e estabeleceu residência no estado do Sarre, do qual Saarbrücken é a capital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos