Parlamento turco votará ampliação do estado de emergência por mais 3 meses

Istambul, 3 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim, anunciou nesta terça-feira que o parlamento votará nesta semana a extensão durante três meses do estado de emergência imposto após a fracassada tentativa de golpe militar do último mês de julho, informou a agência semipública "Anadolu".

"Nosso parlamento discutirá e votará o prolongamento do estado de emergência esta semana", disse Yildirim em uma sessão do grupo parlamentar de seu partido, o AKP.

É dado como certo que o parlamento aprovará a proposta, com a qual o estado de exceção declarado em 20 de julho de 2016, que dá ao governo a competência de governar por decreto, assim como suspender direitos e liberdades fundamentais, se prolongará pela quarta vez.

A proposta do governo acontece em meio à forte comoção causada pelo atentado terrorista na boate Reina, de Istambul, na noite do Ano Novo, no qual morreram 39 pessoas e mais de 60 ficaram feridas, que se soma à intensa onda de atentados que abalaram Turquia em 2016.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos