Social-democrata Grindeanu é eleito primeiro-ministro da Romênia

Bucareste, 4 jan (EFE).- O político social-democrata Sorín Grindeanu foi eleito nesta quarta-feira o novo primeiro-ministro da Romênia depois de conseguir o apoio da maioria do parlamento com os votos favoráveis do Partido Social-Democrata (PSD) e da Aliança dos Liberais e Democratas pela Europa (ALDE).

Ao todo, 295 parlamentares votaram a favor da nomeação de Grindeanu, contra 133 que se opuseram.

"Desejo uma Romênia onde o crescimento econômico se reverta em bem-estar para os cidadãos. Queremos investimentos estrangeiros que ofereçam postos de trabalho com boas remunerações", disse o novo primeiro-ministro perante os parlamentares, esperançoso de que parte dos 3 milhões que emigraram nos últimos dez anos possam voltar ao país.

O novo Executivo terá 26 ministérios, sendo oito dirigidos por mulheres, incluindo Trabalho, Saúde e Interior.

O PSD obteve ampla vitória com 45% dos votos nas eleições legislativas de 11 de dezembro, mas o líder do partido, Liviu Dragnea, não pode tentar o cargo por ter sido condenado por fraude eleitoral. Calcula-se que a economia da Romênia cresceu 5,1% em 2016 e que o déficit aumentou até quase 3%.

A primeira candidata proposta por ele então foi Sevil Shhaideh, que se tornaria a primeira muçulmana à frente de um governo da União Europeia, mas o presidente, Klaus Iohannis, rejeitou à indicação sem dar explicação. Alguns jornais especularam que o serviço secreto advertiu contra Sevil porque seu marido teria muitos contatos com o regime de Bashar al Assad.

Apesar de não ter conseguido concorrer, Sevil, de 52 anos, e que pertence à minoria tártara muçulmana, entrou no novo Executivo como vice-primeira-ministra. Ela ficará encarregada do Ministério de Desenvolvimento e Fundos Europeus.

Os escândalos de corrupção não abalaram o PSD, que venceu com facilidade as eleições com um programa que prevê aumento do salário mínimo, da previdência e da despesa social, em um país onde o vencimento médio é de 420 euros (cerca de R$ 1.400).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos