Homem mata 10 mulheres de sua família e depois se suicida na Índia

Nova Délhi, 5 jan (EFE).- Um homem sedou e, em seguida, degolou dez mulheres de sua família no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, e depois se suicidou, informou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte policial.

"(Ele) Sedou os integrantes de sua família e os degolou com uma faca de grandes dimensões, matou duas mulheres e oito meninas e depois se enforcou", detalhou à Efe Santosh Kumar Singh, superintendente da polícia do distrito de Amethi, onde ocorreu o crime.

Quatro das vítimas eram filhas do suposto assassino e outras quatro suas sobrinhas, todas elas menores de 15 anos, enquanto as únicas duas mulheres adultas assassinadas eram cunhadas do homicida e conviviam com ele em uma casa na cidade de Mahona Paschim.

O crime aconteceu na madrugada de ontem, quando o homem, que era quem mantinha economicamente a família, sedou suas vítimas para depois degolá-las.

O homem também administrou sedativos em sua esposa e sua filha mais velha, de 17 anos, mas não as atacou, segundo detalhou a fonte.

A jovem gritou por socorro quando despertou e os vizinhos avisaram na quarta-feira pela manhã a polícia, que não encontrou nenhuma nota de suicídio e iniciou uma investigação para esclarecer os detalhes do ocorrido.

O homicida também tinha dois filhos homens, que não se encontravam na residência familiar quando as mulheres foram assassinadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos