ONU anunciará em breve medidas por comportamento de observadores na Colômbia

Bogotá, 4 jan (EFE).- A Missão da ONU na Colômbia anunciará em breve medidas para evitar que se repitam incidentes como o que aconteceu no dia 31 de dezembro, quando observadores do órgão foram flagrados enquanto dançavam com guerrilheiras das Farc em um acampamento no norte do país.

Desta forma, afirmou nesta quarta-feira o secretário-geral adjunto para Assuntos Políticos da ONU, Jeffrey Feltman, em comunicado onde responde a uma carta que o Ministério das Relações Exteriores colombiano lhe enviou por meio de sua embaixadora no órgão, María Emma Mejía.

"Dada a seriedade com que levamos este incidente, esperamos que a Missão anuncie passos decisivos em breve. Nossa sede dará total apoio as decisões tomadas pela Missão", afirmou a resposta da ONU, que a Agência Efe teve acesso.

O governo colombiano manifestou à ONU sua "grande preocupação" pela conduta dos observadores da Missão de Monitoração e Verificação (MM&V) do Cessar-fogo que participaram, vestindo os coletes azuis do órgão, na festa de Ano Novo das Farc, no departamento de La Guajira, e pediu que fossem adotadas "medidas corretivas necessárias" para que esta situação não se repita.

"Vou agradecer as Nações Unidas, através da Missão em meu país, se forem adotadas as medidas corretivas necessárias para que este tipo de situação não volte a ocorrer, e evitar assim, que se coloque em xeque a confiança e o prestígio das Nações Unidas", diz a carta enviada à ONU.

Em sua resposta, Feltman afirma que a preocupação da Colômbia pelo comportamento dos observadores, que é motivo de polêmica no país, é um assunto que a ONU "está tratando com a maior seriedade".

"O comportamento descrito em sua carta é inadequado e não reflete os valores de profissionalismo e imparcialidade das Nações Unidas. Estes valores são essenciais para a bem-sucedida implementação da tarefa da missão e o apoio ao histórico processo de paz de seu país", expressa o secretário-geral adjunto para Assuntos Políticos da ONU.

Os observadores que participaram da festa, cujas imagens foram gravadas Efe, integram a Missão de Monitoração e Verificação (MM&V) de Cessar-Fogo e de Hostilidades Bilateral e Definitivo e Abandono das Armas, como parte do acordo de paz assinado pelo governo e as Farc no final de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos