Polícia mata chefe de grupo armado que jurou lealdade ao EI nas Filipinas

Manila, 5 jan (EFE).- A polícia das Filipinas matou nesta quinta-feira o chefe de um grupo armado que cometeu atentados mortais e que jurou lealdade ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI), durante uma operação antiterrorista na ilha de Mindanao, no sul do arquipélago.

O filipino Mohammad Jaafar Maguid, mais conhecido como Tokboy ou Comandante Tokboy, fundou no final da última década a organização Ansarul Khilafa Philippines (AKP), com base na província de Sanrangani, no sul de Mindanao.

Os agentes atiraram contra o jihadista, que resistiu à detenção, durante uma operação combinada da polícia e da agência de inteligência que o cercou em uma praia de Sarangani, segundo fontes oficiais citadas pelo meio local "Rappler".

Tokboy estava no interior de um veículo acompanhado de três supostos subordinados seus que foram detidos e colocados à disposição das autoridades.

O fundamentalista, que era considerado um perigoso terrorista pelos corpos de segurança, foi detido em 2009 e condenado por assassinato e roubo com violência, entre outros crimes, mas escapou da prisão em 2010.

Antes de fundar o AKP, Tokboy militou e chegou à categoria de comandante na Frente Moro de Libertação Islâmica (FMLI), a maior organização muçulmana armada do país na atualidade e que assinou a paz com o governo em 2014.

O AKP, menor que outros grupos que operam na região como Abu Sayyaf, Maute e Lutadores pela Liberdade Islâmica do Bangsamoro (BIFF, sigla em inglês), é responsável por cometer atentados com bomba que causaram a morte de várias pessoas em Mindanao.

As autoridades filipinas afirmam que o AKP não tem qualquer vínculo com o EI, apesar de o grupo ter publicado um vídeo em 2015 no qual jurava lealdade ao "califado".

Mindanao, onde vive a maioria dos 10,7 milhões de muçulmanos nas Filipinas, é cenário há mais de quatro décadas de um conflito separatista islâmico que causou entre 100 e 150 mil mortes e paralisou o desenvolvimento desta região rica em recursos naturais. EFE

aaf/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos