Latinos que apoiam Trump abrem escritório nos EUA em meio a protestos

Ana Milena Varón.

Los Angeles (EUA), 6 jan (EFE).- Enquanto as autoridades do estado da Califórnia se preparam para enfrentar as políticas conservadoras da próxima Administração, uma coalizão de grupos que respaldam o novo presidente dos Estados Unidos entrará na batalha política com a inauguração do Escritório de Apoio Latino ao governo de Donald Trump em Los Angeles.

"Este é o primeiro escritório, esperemos que de muitos, com os quais vamos trabalhar com a comunidade para sanar muitas feridas e esclarecer muitas informações sobre nosso presidente que foram manipuladas", declarou nesta sexta-feira à Agência Efe a porta-voz do Latinos For Trump, Jazmina Saavedra.

A aliança reúne a Latinos For Trump e a Latinos with Trump, duas organizações que iniciaram seu trabalho de maneira tímida oferecendo respaldo ao magnata e defendendo suas ideias, mas depois ganharam força nos últimos meses de campanha.

No final, o resultado da eleição catapultou esses grupos que formalizaram suas sedes e estão dispostos a ganhar um espaço na vida política do estado.

"Queremos formar líderes nas cidades e no estado que reavivem nossas raízes hispânicas, que são muito conservadoras, como as de Trump, e esperamos que os eleitores se sintam livres de vir e compartilhar nossas ideias", afirmou a porta-voz de origem nicaraguense.

Um dos objetivos da coalizão é formar líderes de oposição que possam bloquear decisões democratas que prejudicam o orçamento do estado.

"Por exemplo, vão gastar dinheiro contratando Erick Holder (procurador-geral durante o governo de Barack Obama) com a desculpa de atuar contra Trump, não se pode permitir isso", destacou Saavedra.

Agrupamentos de veteranos e asiáticos que expressaram seu respaldo ao presidente eleito também se uniram aos latinos fãs de Trump no novo projeto que pretende criar um espaço para que mais líderes hispânicos e conservadores busquem postos de eleição popular.

Até uma canção foi composta para o lançamento da sede do escritório em Los Angeles. Trata-se de "El cambio ya llegó con Trump" ("A mudança já chegou com Trump"), um merengue escrito pelo cubano Arnold Rodríguez e interpretado pelo cantor Winston Paulino e sua banda Los Imigrantes.

No entanto, a intenção do novo Escritório de Apoio Latino ao governo de Trump pode criar atrito com as táticas estabelecidas do Partido Republicano no estado.

O estrategista republicano Luis Alvarado explicou à Efe que o partido tem um processo e regras estabelecidas para apoiar novos líderes nos níveis da cidade, do condado e do estado.

"Usar o selo do partido de forma equivocada pode atrair mais atrito e divisão, por isso é melhor estar sob as regras e processos que até agora deram grandes resultados", advertiu Alvarado, que foi um dos precursores de um processo republicano que alcançou o triunfo de 170 campanhas conservadoras na Califórnia.

O professor Octavio Pescador, catedrático da Universidade da Califórnia de Los Angeles (UCLA), indicou que o estabelecimento deste tipo de grupo no início de uma presidência não é estranho na história da política americana.

"É um benefício por duas vias, uma para o próprio Trump, já que, embora pequeno, qualquer grupo destes lhe dá um ponto de apoio no estado, e para os integrantes dos grupos que podem se ver beneficiados pelos grandes orçamentos e postos de trabalho de uma nova administração", explicou Pescador.

A inauguração do escritório, que estará localizada na cidade de Long Beach no condado de Los Angeles, não será um ato aberto ao público.

"Não queremos que comecem a protestar por nossa presença, queremos estabelecer-nos para fazer uma relação com a comunidade, e nos aceitem porque obviamente estaremos trabalhando pela reeleição de Trump", ressaltou Saavedra.

Além do vídeo musical com merengue, os ativistas anunciarão amanhã os detalhes de uma nova canção em apoio a Trump, mas em outro ritmo.

"Quisemos começar com merengue porque temos que mudar a mentalidade que todos os latinos são mexicanos, mas não vamos nos esquecer deles", prometeu Saavedra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos