Obama lembra a Trump que presidente Putin "não faz parte da equipe"

  • AFP PHOTO / Brendan Smialowski

    Obama se referiu a suposta interferência da Rússia nas eleições

    Obama se referiu a suposta interferência da Rússia nas eleições

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu neste sábado (7) seu sucessor, o republicano Donald Trump, que Vladimir Putin "não faz parte da equipe" e reiterou que os russos "interferiram" nas últimas eleições americanas.

Em um trecho antecipado da entrevista que concedeu à emissora americana "ABC", Obama se referiu ao relatório divulgado pelo serviço de inteligência dos Estados Unidos sobre a possível interferência da Rússia nas últimas eleições presidenciais.

"O que é certo é que os russos tinham a intenção de interferir, e o fizeram", disse Obama ao jornalista George Stephanopoulos na citada entrevista, que será exibida integralmente no programa "This Week", no próximo domingo.

Obama garantiu que uma das coisas que mais lhe preocupa é o fato de que parece haver muitos integrantes do partido republicano nos EUA que têm mais confiança em Putin do que em seus companheiros democratas.

"Vimos ultimamente que muitos republicanos, especialistas e analistas da televisão a cabo fazem comentários nos quais parecem confiar mais em Vladimir Putin do que em seus compatriotas, simplesmente porque esses compatriotas são do partido democrata. Isso não pode acontecer", opinou Obama.

"Devemos lembrar que (republicanos e democratas) estamos na mesmo time e que Vladimir Putin não faz parte da equipe", afirmou Obama, que deixará o cargo no dia 20 de janeiro.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos