Polícia iraquiana encontra prisões do Estado Islâmico no sudeste de Mossul

Erbil (Iraque), 7 jan (EFE).- A Polícia Federal do Iraque encontrou neste sábado prisões do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no sudeste de Mossul, capital da província de Ninawa, no norte do país, durante uma inspeção realizada dois dias após retomar o distrito de Al Wahda.

O dirigente das unidades da Polícia Federal iraquiana, o marechal Raid Shaker Yaudat, disse à Agência Efe que os agentes encontraram várias prisões e uma pequena clínica do EI durante o rastreamento que estão realizando, para limpar a região de todo resquício jihadista.

Nas prisões havia celas de isolamento, além de câmaras de tortura, onde os radicais martirizavam seus opositores; enquanto a pequena clínica improvisada continha materiais cirúrgicos para o tratamento de extremistas feridos, relatou Yaudat.

As unidades policiais continuam os enfrentamentos com o EI nas periferia norte de Al Wahda, e se encontram agora a menos de um quilômetro e meio de distância da margem do rio Tigre, indicou o marechal.

Nos combates, dezenas de integrantes do EI morreram, mas a fonte não precisou o número.

As forças iraquianas e as curdas peshmerga lançaram na semana passada uma nova ofensiva para recuperar Mossul, o último bastião do EI no Iraque, já que a primeira teve sua intensidade reduzida por culpa da resistência do grupo extremista e das condições meteorológicas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos