Autor de atentado em Istambul era do Uzbequistão, segundo a imprensa turca

Istambul, 8 jan (EFE).- O suposto terrorista que matou 39 pessoas a tiros durante a celebração de Ano Novo na boate Reina, em Istambul, era do Uzbequistão e se chamava Abdulkadir Masharipov, informaram neste domingo vários jornais turcos, que citam fontes policiais.

Segundo essas informações, que não foram confirmadas oficialmente, o atirador, de 34 anos, usava o nome Abu Mohammed Horasani e fazia parte de uma célula jihadista de uzbeques residentes na cidade de Konya, na Anatólia central.

Na última quinta-feira, o vice-primeiro-ministro turco Veysi Kaynak tinha declarado à imprensa que o terrorista do clube Reina era "provavelmente uigur", a etnia de língua túrquica que habita o extremo oeste da China.

O porta-voz do governo, Numan Kurtulmus, disse naquele mesmo dia que o terrorista "veio (para a Turquia) provavelmente através do Quirguistão", mas não precisou sua nacionalidade.

O precedente mais parecido com o atentado no clube Reina, cuja autoria foi reivindicada pelo Estado Islâmico, é o ataque de junho do ano passado contra o aeroporto Atatürk em Istambul, atribuído a integrantes de um grupo oriundo da Ásia Central que viajavam com passaportes russos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos