Senador haitiano que liderou golpe de estado comparece à justiça nos EUA

Miami, 7 jan (EFE).- O senador eleito haitiano Guy Philippe compareceu em uma corte de Miami, nos Estados Unidos para depor em um julgamento no qual é acusado de narcotráfico e lavagem de dinheiro, informou neste sábado a imprensa local.

Philippe, que em 2004 liderou o golpe de estado que derrubou o então presidente Jean-Bertrand Aristide, tinha sido detido pela Polícia Nacional do Haiti na quinta-feira na capital daquele país e na mesma noite foi extraditado para a Flórida, onde tinha processos penais pendentes.

Após seu comparecimento na noite da sexta-feira em uma corte federal em Miami, onde apareceu com traje de preso e algemado, o juiz Barry Garber ordenou sua detenção sem direito à fiança e fixou a data de leitura das acusações para o próximo dia 13 de janeiro.

Segundo informou o jornal "Miami Herald", seu advogado de defesa Richard Dansoh apelará para a imunidade parlamentar da qual goza o detido ao ser um senador eleito, e planeja realizar uma viagem ao Haiti para obter documentação que sustente a tese.

Philippe, acusado formalmente em novembro de 2005, foi detido dias antes de assumir o cargo de senador em seu país e portanto não goza de "nenhuma imunidade parlamentar", tal como disse o presidente do Senado do Haiti, Ronald Lareche, segundo publicou o citado jornal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos