Atentado com carro-bomba na Península do Sinai mata 1 civil e 6 policiais

Cairo, 9 jan (EFE).- Pelo menos um civil e nove policiais egípcios morreram, e outros oito agentes ficaram feridos nesta segunda-feira em um atentado com carro-bomba contra um posto de controle de Polícia na Península do Sinai, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Os terroristas lançaram o carro contra o posto, que fica em Al Masid, perto da cidade de Al Arish, e depois atacaram com fuzis e lança-granadas a ambulância que estava retirando os feridos, de acordo com fontes citadas pela agência oficial "Mena". A agência totalizou em nove os mortos e contabilizou que 11 policiais e dez civis ficaram feridos na ação.

De acordo com uma fonte de segurança ouvida pela Efe, todos os agentes que estavam no local se feriram.

A Polícia reforçou a segurança na região e estabeleceu controles de entrada e saída para todos os veículos, conforme a "Mena". Até o momento, nenhum grupo reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

Na sexta-feira passada, o Exército egípcio informou que tinha frustrado um atentado na Península do Sinai, em uma ação que acabou com a morte de nove supostos terroristas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos