Pelo menos 25 jihadistas morrem após incursão terrestre da coalizão na Síria

Beirute, 9 jan (EFE).- Pelo menos 25 membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram durante uma incursão terrestre da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, no nordeste da Síria, informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os extremistas foram atacados ontem depois que quatro helicópteros que pertenciam à coalizão aterrissaram em uma área entre as localidades de Al Kabr e Al Yazra, no oeste da província síria de Deir ez Zor.

A ONG apontou que várias pessoas, algumas das quais falavam árabe, desceram das aeronaves e se posicionaram na estrada que une as duas localidades e uma estação de água, que foi atacada pelos agentes dessa operação.

O ataque, que durou pouco mais de três horas, acabou com os 25 extremistas mortos e vários prisioneiros. Durante esse tempo, civis foram proibidos de passar pela área.

As informações foram confirmadas nesta segunda-feira pelo grupo "Deir ez Zor 24", que conta com ativistas na região.

Em comunicado em seu site, a organização destaca que participaram do ataque soldados internacionais e árabes, que saltaram de paraquedas a partir de quatro helicópteros e que se retiraram após cumpir sua missão.

Segundo a fonte, essas forças estabeleceram vários postos de controle entre Al Kabr e Yazra e invadiram uma estação de água.

A coalizão internacional iniciou suas operações na Síria em 23 de setembro de 2014, depois que o EI proclamou um califado no país e no Iraque no final de junho do mesmo ano.

Desde então, suas atividades se centraram em ataques aéreos e em raras ocasiões realizaram incursões terrestres em território sírio.

Uma delas aconteceu em maio de 2015 por parte de forças especiais americanas, na qual pelo menos 32 seguidores do EI morreram, entre eles Abu Sayaf, um dos responsáveis pelas finanças do grupo, em um ataque terrestre no campo petrolífero de Al-Omar, em Deir ez Zor. EFE

ssa/cs

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos