Primeiro-ministro da Costa do Marfim renuncia

Abidjan, 9 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Costa do Marfim, Daniel Kablan Duncan, apresentou sua renúncia e a de todo o seu governo nesta segunda-feira pela incompatibilidade marcada pela nova Constituição, que impede que os deputados sejam membros do Executivo.

A saída estava prevista para a primeira sessão da nova Assembleia Nacional realizada hoje, depois que a Câmara foi renovada nas eleições legislativas em dezembro e Duncan foi eleito deputado.

Conforme a nova Constituição, a renúncia do primeiro-ministro, que de acordo com fontes oficiais não tem vínculos com a revolta militar ocorrida neste fim de semana, implica a renúncia de todos os membros do seu governo, formado em janeiro do ano passado.

O texto detalha, além disso, que "o parlamentar nomeado membro do governo não pode se sentar no parlamento enquanto exerce funções ministeriais".

"O primeiro-ministro, Daniel Kablan Duncan, apresentou sua renúncia e de seu governo ao presidente da República, Alassane Ouattara", diz um comunicado divulgado pela presidência marfinense.

Em seguida, Ouattara assinou o decreto que põe fim às funções do chefe de governo e dos demais membros de seu Executivo.

"O presidente expressa seu total reconhecimento ao primeiro-ministro e a todos os ministros por seu compromisso a serviço da nação", acrescenta o comunicado.

Segundo analistas consultados pela Agência Efe, a renúncia de Duncan também acontece pela intenção de Ouattara de nomeá-lo vice-presidente do país nos próximos dias.

Ao presidente marfinense também corresponde a designação do novo primeiro-ministro nas próximas horas e a posterior validação de seu governo.

Durante seu encontro nesta segunda-feira com Ouattara, Duncan expressou sua gratidão ao presidente por confiar nele para ocupar o cargo durante os últimos anos.

Duncan foi nomeado primeiro-ministro em 2013 e é considerado por muitos o promotor do rápido crescimento econômico da Costa do Marfim sob o comando de Ouattara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos