Duplo atentado suicida é registrado perto do parlamento afegão

Cabul, 10 jan (EFE).- Um duplo atentado suicida aconteceu nesta terça-feira nas imediações do parlamento do Afeganistão, em Cabul, deixando um número ainda não determinado de mortos e feridos informou à Agência Efe o diretor do Departamento de Emergências do Ministério do Interior, Homayoon Aini.

"Primeiro, um suicida detonou seu colete de explosivo nos arredores do edifício Al-Haqqi do parlamento (a dois quilômetros da sede principal). Essa ação foi seguida por um segundo ataque suicida com carro-bomba", disse Aini.

Os ataques aconteceram por volta das 16h (horário local, 9h30 em Brasília) em Dar-ul-Aman, na parte oeste da capital afegã, onde ficam o parlamento afegão e a sede do Diretório Nacional de Segurança (NDS), a principal agência de inteligência.

"Infelizmente, as bombas causaram vítimas, embora o número exato ainda não esteja claro", detalhou.

O porta-voz talibã Zabiullah Mujahid reivindicou a ação em comunicado. No texto, ele informou que o primeiro ataque era dirigido a um micro-ônibus que transportava funcionários do NDS, e ó segundo foi dirigido aos membros das forças de segurança que foram socorrer às vítimas da primeira explosão.

Segundo ele, 70 integrantes de tropas afegãs morreram ou se feriram em ambos os ataques, apesar do grupo ter o costume aumentar os números de suas ações.

O grupo insurgente ganhou espaço com o fim da missão de combate da Otan, em janeiro de 2015. Segundo dados do governo americano, os talibãs controlam um terço do território do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos