Hollande afirma que França será aliado "confiável, mas autônomo" dos EUA

Paris, 12 jan (EFE).- O presidente da França, François Hollande, afirmou nesta quinta-feira que seu país sempre será para os Estados Unidos um aliado confiável, mas autônomo.

A França "saberá adotar, com a liberdade que a caracteriza, posturas que às vezes podem ser divergentes", visando agir de acordo com seus "interesses e valores", indicou Hollande em Paris, em alusão ao presidente eleito americano, Donald Trump.

O líder francês ressaltou o trabalho "lado a lado" realizado junto ao presidente em fim de mandato, Barack Obama, em âmbitos como a luta contra a mudança climática, e destacou que o acordo nuclear assinado com o Irã no ano passado - e criticado por Trump - "deve ser preservado".

Hollande admitiu que no passado houve "diferenças de opinião" entre França e EUA, como em 2013, quando se constatou o uso de armas químicas por parte do regime sírio, mas destacou que a relação dos países não foi afetada.

"Temos uma determinação comum para lutar contra o terrorismo e uma solidariedade", disse Hollande, que não tentará reeleição deixará a presidência ao fim de seu mandato, em maio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos