Justiça francesa acusa 4 pessoas por assalto a Kim Kardashian

(Atualiza com novas decisões da Justiça francesa).

Paris, 12 jan (EFE).- A justiça da França acusou nesta quinta-feira quatro suspeitos pelo assalto à mão armada sofrido pela socialite americana Kim Kardashian no dia 3 de outubro do ano passado, em Paris, informaram à Agencia Efe fontes judiciais.

Três dos acusados foram mantidos em detenção provisória enquanto um deles foi solto sob controle judicial. Trata-se de Gary M., de 28 anos, que foi deixado em liberdade contra a opinião da promotoria.

Os que foram mantidos na prisão são Florus H., de 45 anos, Yunice A., de 64, e Marceau B., de 65 anos.

Todos foram indiciados pelos crimes de acobertamento de quadrilha organizada, associação de malfeitores, cumplicidade por roubo à mão armada e sequestro.

Os quatro acusados pertencem ao grupo de dez detidos por este caso, após nesta manhã terem sido postos em liberdade sem acusações quatro detidos.

No total, chegou a 17 o número de detidos desde a segunda-feira em uma ampla operação policial que aconteceu de forma simultânea. Outros seis dos detidos se apresentarão na sexta-feira ao juiz, detalharam as fontes judiciais.

O assalto a Kim Kardashian aconteceu quando cinco homens vestidos de policiais ameaçaram o segurança da noite do luxuoso hotel no qual a socialite se hospedava e, após entrarem no edifício, a amordaçaram para levar joias. Os ladrões saíram do estabelecimento a pé e em bicicletas, como pôde ser visto nas gravações das câmeras.

O DNA que um deles deixou no lenço usado para amordaçar a americana foi o que permitiu aos investigadores recuperar o rastro, segundo a emissora "France 2".

Este episódio foi visto como um novo golpe para a imagem de Paris, cuja afluência de turistas caiu notavelmente os dois grandes atentados jihadistas em 2015, o contra a revista satírica "Charlie Hebdo"e o de 13 de novembro, quando 130 pessoas morreram em Paris e Saint-Denis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos