Marine Le Pen vai à Trump Tower, mas não tem reunião prevista com republicano

Nova York, 12 jan (EFE).- A líder da extrema-direita da França, Marine Le Pen, foi vista nesta quinta-feira na Trump Tower de Nova York, apesar de não haver informações oficiais sobre uma reunião entre ela e o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.

Os repórteres que acompanham o trabalho da equipe de transição de Trump no edifício do empresário perceberam a presença de Marine tomando um café com outras três pessoas.

Perguntada se tinha intenção de se reunir com Trump, a líder Frente Nacional evitou responder e também não quis dizer se estava no local para uma visita pessoal ou ligada a atividades políticas.

Duas pessoas sentadas com Marine foram identificadas como George Lombardi, cofundador de uma organização de cidadãos a favor de Trump, Louis Aliot, eurodeputado da Frente Nacional.

A equipe de transição da presidência, em entrevista coletiva diária, não disse se Trump tem uma reunião prevista com a líder da extrema-direita da França.

A porta-voz de Trump, Hope Hicks, consultada sobre a presença de Marine, também disse que não há previsão de um encontro da política francesa com algum integrante da equipe do republicano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos