Obama surpreende e entrega a Biden principal condecoração civil dos EUA

Washington, 12 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, surpreendeu nesta quinta-feira e entregou a Medalha da Liberdade, o principal reconhecimento civil do país, ao vice-presidente Joseph Biden, seu companheiro à frente da Casa Branca nos últimos oito anos.

Em um ato de despedida para Biden, Obama pegou o vice-presidente de supresa com um emotivo discurso no qual, no entanto, não se esperava que fizesse essa distinção.

O presidente americano provocou as lágrimas de seu companheiro de batalhas, e elogiou Biden como "o melhor vice-presidente que os Estados Unidos jamais tiveram".

Ao concluir um discurso infestado de agradecimentos e palavras elogiosas, Obama surpreendeu Biden com a distinção especial da Medalha da Liberdade.

"Por sua fé em seus companheiros americanos, por seu amor pelo país e por sua vida de serviço que perdurará através das gerações, eu gostaria de pedir ao auxiliar militar que suba ao palco", disse Obama na cerimônia.

"Em minha última vez como presidente, me satisfaz conceder-lhe a mais alta honra civil de nossa nação, a Medalha Presidencial da Liberdade", acrescentou.

"Se não pode admirar Joe Biden como pessoa é porque você tem um problema", ressaltou Obama, citando um senador republicano.

Biden, que confessou nem sequer ter "suspeitas" sobre o que aconteceria, estava visivelmente comovido e aceitou a medalha, mas afirmou não ser merecedor de tão alto reconhecimento.

"Esta honra não só está além do que mereço, mas é um reflexo da grandeza e generosidade de seu espírito", disse Biden a Obama.

"Não mereço, mas sei que vem do coração do presidente", acrescentou, contendo as lágrimas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos