Premiê italiano se recupera de cirurgia e pode deixar hospital esta semana

Roma, 12 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, se recupera no hospital Gemelli de Roma da angioplastia à qual foi submetido ontem e pode receber alta nesta mesma semana, informou nesta quinta-feira o centro de saúde.

Um comunicado do Gemelli afirma, segundo veículos de comunicação locais, que a intervenção cirúrgica em Gentiloni foi um "sucesso completo" e que consistiu na colocação de um stent.

Gentiloni tinha sido submetido a testes de sangue e a uma TAC (tomografia axial computadorizada) que permitiram comprovar a existência de "uma obstrução da artéria coronária distal", segundo se detalha na nota.

"O sucesso completo da intervenção se confirmou hoje pela evolução clínica positiva do primeiro-ministro, internado na Unidade Coronária do Gemelli", detalha.

Gentiloni foi internado na quarta-feira no hospital após sentir-se mal em seu retorno de uma viagem a Paris.

A sede da presidência do Conselho de Ministros não informou de sua hospitalização nem da evolução de seu quadro no hospital.

O escritório do primeiro-ministro unicamente anunciou, sem dar explicação da razão, a suspensão de seu encontro, previsto para hoje em Londres, com a chefe do governo britânico, Theresa May.

Gentiloni substituiu Matteo Renzi como chefe de governo da Itália desde que este renunciou em dezembro do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos