Rússia e Turquia decidem coordenar ataques aéreos na Síria

Moscou, 12 jan (EFE).- Rússia e Turquia decidiram nesta quinta-feira em Moscou coordenar seus ataques aéreos contra os jihadistas na Síria, segundo informou o Ministério da Defesa russo.

Chefes militares de ambos países assinaram um memorando que, segundo o comunicado de Defesa de Moscou, estabelece os "mecanismos de coordenação e interação dos aviões das forças aeroespaciais da Rússia e das forças aéreas da Turquia nos ataques às instalações dos terroristas".

Além disso, o documento determina as ações a seguir por ambas partes para evitar incidentes com aviões ou drones no espaço aéreo da Síria.

Hoje mesmo, os presidente da Rússia, Vladimir Putin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, abordaram em uma conversa telefônica os preparativos da reunião internacional para buscar uma fórmula de regulação ao conflito sírio que está marcada para Astana no próximo dia 23.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou que se continua trabalhando no formato e na lista de participantes do encontro da capital do Cazaquistão.

"Por enquanto não há informação definitiva sobre a composição dos participantes, o formato ou os detalhes da reunião de Astana. Tudo está na etapa de preparativos", disse a porta-voz russa das Relações Exteriores, María Zakharova.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos