Suspeito de suborno, herdeiro da Samsung é interrogado na Coreia do Sul

Seul, 12 jan (EFE).- O vice-presidente da Samsung Electronics e herdeiro do conglomerado sul-coreano, Lee Jae-yong, foi interrogado nesta quinta-feira como suspeito de um crime de suborno no caso da "Rasputina", que levou o afastamento da presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye.

O diretor, de 48 anos, se apresentou hoje no escritório da equipe de investigação em Seul para ser interrogado devido as suspeitas de que o maior conglomerado da Coreia do Sul apoiou financeiramente Choi Soon-sil, apelidada de "Rasputina sul-coreana" e considerada a pivô do escândalo, segundo a agência de notícias "Yonhap".

Choi Soon-sil, amiga íntima da presidente, é acusada de ter extorquido, com a cumplicidade de Park, dezenas de milhões de dólares dos principais grupos empresariais do país asiático através de duas fundações, se apropriando de parte dos fundos.

Os investigadores acreditam o grupo Samsung assinou um contrato no valor de 22 bilhões de wons (cerca de US$ 18,3 milhões) com uma empresa com sede na Alemanha, propriedade de Choi, e além disso, apoiou financeiramente sua filha, que se dedica ao hipismo, para que treinasse no país e comprasse novos cavalos.

Alguns sugerem que o contrato foi assinado em troca do apoio do fundo de pensão estatal - cujo presidente foi detido em dezembro por sua suposta participação no escândalo - a um importante acordo de fusão entre as filiais da Samsung em 2015.

A equipe de investigadores procura determinar se o gabinete presidencial pressionou o fundo público para apoiar a fusão em troca de favores da Samsung para Choi.

Além disso, o grupo doou 20,4 bilhões de wons (US$ 16,3 milhões) para duas fundações operadas pela "Rasputina", um dinheiro que o conglomerado insistiu em que achava que estava destinado a promover a cultura local no exterior e o esporte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos