Cortes de eletricidade e fortes ventos anunciam onda de frio na França

Paris, 13 jan (EFE).- Um temporal que varreu a França do oeste para o leste, com rajadas de vento de até 146 km/h, deixou um total de 237 mil famílias no noroeste do país sem eletricidade no inicío da manhã desta sexta-feira, um fenômeno que anuncia a chegada de uma onda de frio.

Segundo a empresa de gestão de redes elétricas Enedis, boa parte dos assinantes que estavam sem luz se concentravam nas regiões de Picardia (70 mil) e Normandia (65 mil).

Aproximadamente 1.200 técnicos foram mobilizados nas áreas afetadas para restabelecer o serviço, mas a Enedis especificou que "a progressão das intervenções é difícil pelas condições meteorológicas ainda instáveis".

O aeroporto de Beauvais, que fica a 80 quilômetros de Paris, teve que fechar o tráfego aéreo ontem no fim da tarde por causa dessas mesmas condições meteorológicas, mas voltou à normalidade esta manhã, com alguns atrasos.

Vários trens também interromperam seus trajetos ontem à noite pela queda de objetos na via e avarias, como um que fazia a rota entre Paris e Bruxelas, na Bélgica, no qual viajavam mais de 180 pessoas, que teve que ser rebocado.

A companhia ferroviária SNCF antecipou que, diante das circunstâncias meteorológicas, alguns de seus trens não entrarão e funcionamento hoje e outros sofrerão atrasos.

Onze departamentos da costa atlântica francesa, entre a Normandia e a fronteira belga, estavam esta manhã em alerta "laranja" por neve e gelo e a agência de meteorologia da França anunciou que neste fim de semana as temperaturas vão despencar na metade norte do país.

O frio, além disso, vai continuar durante vários dias, com novos episódios de neve.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos