EUA anuncia morte de um dos líderes da Al Qaeda no Iêmen

Washington, 13 jan (EFE).- O Pentágono anunciou nesta sexta-feira ter matado no Iêmen um líder do grupo terrorista Al Qaeda na Península Arábica em um ataque aéreo realizado no dia 8 de janeiro.

Em comunicado, o porta-voz do Pentágono, Peter Cook, detalhou que o alvo foi Abd al Ghani al Rasas, um dos líderes "sêniors" da Al Qaeda no Iêmen e um "facilitador".

"Os Estados Unidos estão comprometidos a erradicar a ameaça representada pela Al Qaeda negando (ao grupo) um lugar seguro", reiterou Cook, que voltou a dizer que o objetivo é evitar que o terrorismo se instale no Iêmen.

Os EUA realizam operações rotineiras com aviões não tripulados sobre céu iemenita para evitar que a Al Qaeda se fortaleça em um país em guerra civil e com zonas remotas sem controle do governo. EFE

jmr/vnm

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos